Arquivo para setembro, 2009

Quem será Lexi em Vampire Diaries?

Posted in Séries, spoiler with tags , , , on setembro 30, 2009 by rscarone
A BFF de Stefan

A BFF de Stefan

Arielle Kebbel conseguiu papel em “The Vampire Diaries”.

A atriz, que apareceu em séries como “Gilmore Girls”, “CSI: Miami” e “Shark”, tem presença garantida no sétimo episódio do novo sucesso da CW.

Kebbel será Lexi , “a melhor e mais antiga amiga vampira” de Stefan, disse a produtora Julie Plec.

Será que ela vai dificultar o relacionamento de Stefan e Elena? Assista e descubra!

Outra que também entrou no barco foi Jasmine Guy que será a misteriosa avó de Bonnie durante toda a primeira temporada.

Promo: Private Practice

Posted in Séries, Séries EUA with tags on setembro 30, 2009 by Krol

Amanhã começa nos EUA a terceira temporada de “Private Practice”. O gancho deixado no derradeiro episódio da útima temporada foi de tirara o folêgo. O que terá acontecido?

[clearspring_widget title=”Where’s the baby?!” wid=”48bda4baaf82f1d1″ pid=”4ac287fdbeb94113″ width=”308″ height=”235″ domain=”widgets.abc.go.com”]

Mercy + Grace = ?

Posted in Coluna do Meio with tags , , , on setembro 30, 2009 by rscarone

Sarah DrewFalando em “Grey’s Anatomy”…

Os fãs do seriado descobriram na premiere da nova temporada que o Seattle Grace irá se fundir com o Mercy West.

Como resultado, um fluxo de novos personagens está a caminho. Uma das novas atrizes será Sarah Drew, mais conhecida por seu recente papel como Kitty Romano em “Mad Men”. Drew será uma personagem recorrente, a doutora April.

A fundição de ambas as instituições se dará no episódio do dia 15 de outubro.

Drew se junta ao novo elenco previamente anunciado: Robert Baker, Jesse Williams e Nora Zehetner.

A atriz foi previamente contratada para “Inside the Box”, um piloto criado por Shonda Rhimes mas que não decolou.

Falta alma na anatomia de Grey

Posted in Papo Aleatório with tags on setembro 29, 2009 by frinigeorga

papoaleatorio2

Na semana passada eu descobri o real significado da expressão “muita fumaça para pouco fogo”. O episódio de duas horas de “Grey’s Anatomy” foi ao ar nos EUA e eu assisti – porque a internet é muito amor! – como uma menininha: grudada na “TV”. Quem não quiser saber spoilers, sinto muito, porque eu vou contar.

Cristina, Izzie e Alex

Continuando, estava grudada na tela, pronta para chorar baldes, como aconteceu em tantos episódios da temporada anterior, mas isso não se repetiu. George morreu sim, mas e aí? Foram duas horas divididas em dias (dia 1, dia 7 … dia 40) para mostrar o tempo que levou para “a ficha cair” para cada personagem e como cada um passou pelo trauma. Ok, válido. Mas pergunto novamente: e aí?

Sinceramente, foi uma mistura de muita correria e muito arrastamento. Temas, personagens e relacionamentos que serão abordados durante essa temporada foram estabelecidos – como o relacionamento do McSteamy e Little Grey, a terapia do delicioso McArmy, Owen Stevens, e de Cristina, e a fusão entre o Seattle Grace e outro hospital. Cabeças vão rolar? Será que isso é para explicar que, se outro ator/atriz não se comportar não precisará ser morto para sair da série? Pois é. Duas horas disso e de muito choro, mas sem sentimento sobre a morte de George. A recuperação de Izzie e seu relacionamento com Alex vão bem, obrigada, mas … adivinhou! E aí?

E aí, Shonda? Vamos colocar sua mente brilhante para funcionar, porque os fãs estão esperando mais, sempre mais.

Duas decepções

Posted in Séries, Séries EUA, spoiler with tags , on setembro 28, 2009 by Krol

spoiler

Duas atrizes, Jenna Elfman e Courtney Cox, duas comédias aguardadas, duas histórias parecidas e o mesmo resultado: nenhuma risada. Esse é o veredicto em “Cougar Town”e “Accidentally on Purpose”.

Elenco de Cougar Town

Começando pela mais famosa das duas estrelas, Courtney Cox. Ela vive uma mulher de quarenta e poucos anos, mãe de um adolescente e recém divorciada. Tem uma ótima relação com o filho adolescente com diálogos rápidos e, volta e meia, divertidos. Tem duas amigas, uma da sua idade casada, com filho pequeno que desdenha do marido, e uma mais nova que quer que ela volte a vida. Na primeira noite em que sai ela se envolve com um rapaz mais jovem e, o que tudo indica, começa a se relacionar com ele. Essa é a fraca premissa da série. Já ia esquecendo ela tem um vizinho galinha que a tira do série, o tipo de personagem que em um futuro não muito distante ela vai se descobrir apaixonada.

accidentally-on-purpose-photo

Já Jenna Elfman é uma crítica de cinema que namorava um multimilionário que não queria se casar, ela então termina o namoro e em uma noite com a irmã e a melhor amiga conhece um rapaz mais novo. Ele se torna o seu boytoy até que ela descobre que esta gravida. Diferente do que ela esperava o rapaz quer fazer parte da vida do filho e por uma serie de circunstâncias eles acabam morando juntos.

A trama de Aciddentally é melhor que de Cougar, mas uma série em pleno final dos anos 00 com claque é algo demais. Sem contar que Elfman é muito exagerada em sua interpretação, é algo como Jim Carey em “O Mascara”. Cougar por sua vez tem diálogos melhores e menos estereótipos andando pelas ruas, mas é igualmente insossa. Mesmo se pegassem as duas séries e misturassem não daria uma boa comédia.

O futuro lhe condena

Posted in Séries, Séries EUA, spoiler, TV with tags , on setembro 27, 2009 by Krol

spoiler

Durante 2 minutos e 17 segundos o mundo todo desmaia e se vê no dia 29/04/2010. Essa é a premissa de uma das mais aguardadas estreias dessa temporada, “Flash Forward”.

Mark e Dimitri logo depois do caos

Toda a publicidade vendeu que a série seria a substituta de “Lost”. Os cinco primeiros minutos não confirmam a tese, mas a semelhanças são inegáveis Mark acorda dentro de um carro capotado, já na rua vê o caos a sua volta. Isso não te lembra a primeira cena de “Lost” ? Jacj acorda na floresta e quando chega a praia vê o cenário de um acidente de avião. Daí em diante “Flash Forward” começa a criar sua própria mitologia. O espectador vê o que Mark lembrou de seu futuro e ao longo do piloto temos mais algumas cenas vistas por outros personagens, mas tudo sem muita conexão. Vai ser um quebra-cabeça para se entender o todo da história.

Brincar com o futuro tem alguns problemas. É necessário que se tenha regras claras ou corre-se o risco de se perder. Por exemplo, o futuro que foi visto pode ser modificado? O fato de os personagens terem visto o futuro influencia o presente? Essa segunda pergunta é levemente tratada no episódio. Demitri questiona o chefe sobre a escolha dele e de Mark para a investigação só porque Mark viu isso no futuro.

Flash Forward

“Flash Forward” apresentou um ótimo primeiro episódio. Daqueles que instiga o telespectador a ver os seguintes. Parece mesmo ser a série que os fãs de “Lost” podem se apegar já que o pessoal da ilha está indo para a sua última temporada em 2010.

Pérolas da tv brasileira

Posted in `Tá na rede with tags , on setembro 27, 2009 by Krol

Esse ano faz 20 anos da primeira eleição direta para presidente depois da ditadura militar. O pleito foi vencido por Fernando Collor, como todos sabem. Aqui vai a propaganda eleitoral que o levou a vitória.